Fique por dentro de tudo sobre arquitetura e a utilização de
Containers na construção Civil.

Tipo bem barato de construção anda fazendo sucesso em São Paulo. Caixote de ferro usado em navios para levar cargas ganha cara nova.

Em São Paulo, um tipo bem barato de construção anda fazendo sucesso. A hora do almoço chegou. E cozinha industrial é aquilo: frita, lava, grelha, esquenta, gela. Nesse caso, em um espaço maior do que muita cozinha de restaurante grande por aí. “Você vai ver muitas cantinas que não tem metade desse espaço e a gente tem isso tranquilamente”, comenta o chefe de cozinha Thiago Castro Civalsci.

Mas você notou as paredes como são? Te lembram assim alguma coisa? Do lado de fora tem uma dica em inglês: aprovado para transporte. Só que o caixotão de metal acabou se ancorando no asfalto para modular a vida de muito chef.

Um outro grande barato de dos contêineres é o seguinte: se por um acaso mais restaurantes quiserem vir para cá, vão precisar claro, de mais espaço. Aí é só colocar um outro contêiner. Quem sabe um outro acima dele. Se nada disso ficar legal, é só tirar o que está em cima, depois tirar o que está embaixo e liberar de novo a área toda para estacionar carro, por exemplo. É tipo um grande quebra cabeça onde estruturas são construídas e desconstruídas com um mínimo possível de obras. 

E também com o mínimo possível de tempo. Cinco minutos é quanto demora para abrir as portas da galeria de fotos itinerante, que hoje, está na Zona Oeste de São Paulo. Mas 300 segundos depois está pronta para atravessar o oceano, se precisar. Mas, por enquanto, não vai tão longe.

Depois de almoçar comida de contêiner e alimentar a alma com arte de container, é hora de voltar para casa. Que casa? Bom. A essa altura da reportagem, acho já não está difícil de adivinhar.

Quarenta e dois confortabilíssimos metros quadrados com cama de casal, mesa de jantar, sofazão, cozinha planejada e varanda para nenhum festeiro reclamar. E festeiro econômico.

“Você tem uma redução do valor do custo em materiais, em arquitetura, entre 30%, 40%. Também é muito rápida a construção, 30 metros quadrados, a gente consegue entregar em 15 dias”, afirma a empresária.

Ou seja, rapidinho subiu o prédio de 24 apartamentos de aço, com aluguel bem mais barato que a média da região. Do lado de cada porta, uma bandeirinha para mostrar de qual país o contêiner veio. Um prédio inteiro que deu a volta ao mundo e atracou na Zona Sul de São Paulo para não ir mais embora.

“Pensando bem, é bem legal saber que esse contêiner teve na China ou em Cingapura e agora estou morando nele”, diz um morador.

Via: Jornal Nacional

Tem interesse em uma casa container. Solicite um orçamento!

Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net